Liceu Albert Sabin - - Detalhar Notícia


Projeto “Sofi, a pipa bailarina” reúne conhecimento e diversão em família – 09/01/2018


A arte milenar de empinar pipa, além da diversão como brinquedo, inspirou Santos Dumont e muitos cientistas em grandes inventos, como mostra o livro “Sofi, a pipa bailarina”, escrito por Solange Silveira Garcia, psicopedagoga do Liceu Albert Sabin.

Foi com a riqueza da interdisciplinaridade presente no livro, que professores, pais e alunos do 2º ano do Ensino Fundamental I, construíram o Projeto “Sofi, a pipa bailarina”, atuando como pesquisadores e inventores. No decorrer da atividade, pais e filhos pesquisaram sobre grandes cientistas além de projetarem e construírem seus próprios brinquedos. Para eternizar os frutos do trabalho, cada criança foi autora de sua própria biografia, redigida num álbum em formato de pipa.

No dia 2 de dezembro de 2017, aconteceu a finalização deste Projeto, sobre a maestria do Professor de Música, Daniel Carpio Gil. Na ocasião, os alunos apresentaram as variações dos sons do vento numa bela demonstração de “massa sonora contemporânea”. Em seguida, construíram pipas com familiares e aproveitaram o espaço da escola para empinarem o valioso brinquedo, servindo-se de frutas, diversão e muito afeto.

Segundo Solange, as pipas enfeitam, disputam espaço, são acrobatas mapeando os céus, como extensão natural da mão, querendo tocar nossas ilusões. “Assim também são as crianças, que tocam nossas emoções, como extensão natural de nossa memória e de nossos sonhos. Como filhos ou estudantes são a presença viva do futuro de nossa história e de nossa cultura”, relata.


 
 


Postada em 09/01/2018 por Rogéria Carla Gamba


Jornalistas:
Lays Schiavinatto - MTB 76.163 / lays.nascimento@baraodemaua.br
Rogéria Gamba - MTB 52.808 / rogeriacg@baraodemaua.br

Estagiário(a): Isabella Monteiro Borges Strambi - isabella.monteiro@baraodemaua.br

Contato Assessoria de Imprensa:
16 3968-3890