Oficina de leitura acessível

Paulo Fernandes, bibliotecário do Liceu Albert Sabin – Educação Infantil e Ensino Fundamental, participou da Oficina de Leitura Acessível, realizada pela Fundação Dorina Nowil para Cegos.

A atividade aconteceu no início do mês, na Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto (ADEVIRP), e abordou a sensibilização e a desconstrução de mitos sobre a deficiência visual e a leitura inclusiva, livros acessíveis, suas especificidades e utilização, além de recursos de acessibilidade à leitura.

Desenvolvimento da oficina

A primeira proposta da oficina foi ouvir um audiolivro com os olhos vendados. Em seguida, os participantes descreveram as sensações e percepções com a experiência.

A segunda atividade foi voltada para a desconstrução da imagem que a sociedade tem em relação às pessoas com deficiência visual. Para isso, foram utilizadas frases que reproduzem estereótipos equivocados, como “Todo cego tem sexto sentido aflorado” e “As preferências literárias de pessoas cegas são bem diferentes das pessoas que enxergam”.

Importância

Ainda aconteceu um debate sobre inclusão, e os participantes conheceram materiais literários em braile, audiolivros, entre outros, produzidos pela Fundação Dorina Nowil, que são distribuídos para todo o Brasil. O bibliotecário do Liceu falou sobre a importância da iniciativa.

“A oficina foi válida profissional e pessoalmente. Consegui agregar ainda mais conhecimento e assim fazer a diferença no dia a dia, no ambiente de trabalho e também perante a sociedade”, disse Paulo.

Postada em 05/07/2023 por Thais
Jornalista: Jornalista: Rogéria Gamba - MTB 52.808 | rogeriacg@baraodemaua.br Nikolas Guerrero - MTB 0093651 | nikolas.guerrero@baraodemaua.br
Contato Assessoria de Imprensa: (16) 3968-3890
Notícias
09 janeiro 2023

Com o patrocínio do Liceu Albert Sabin, a 4ª Etapa Anual Ipê Golf Club ocorreu no último sábado, dia 17/12, e contou com a participação de aproximadamente 100 atletas.